rapa de angu é um bom tira gosto - foto da Leticia Caetano

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

BH: janelas e varandas - Fotos: Rubens Simões


Elas se abrem para a 

esquina, 

para a rua deserta de uma 

noite fria,

 para um sol meio adormecido

 da varanda ou para um

 toco de cigarro jogado 

no passeio.

Elas se abrem para uma rua

 de comércio, pessoas, carros

buzinas.


Elas se abrem para o vazio 

ou para a multidão,

depende...


tem moça passando e rebolando,

 tem homem carregando sua 

pasta pesada, 

estudante esperando o ônibus.

Elas se abrem para 

qualquer lugar. 

Elas se abrem e se 

fecham para o vento.

Da varanda,

 se vê mais coisas.

Escuta se um grito,

 um suspiro.

Da varanda se 

vê uma lua 

quase adormecida...






2 comentários:

  1. Bela poesia... ilustrada perfeitamente com essas lindas fotografias.

    ResponderExcluir
  2. Muito inspirador as palavras e fotos

    ResponderExcluir